Minha experiência com o Google Glass

No dia 26/08/13 tive o prazer de experimentar o único Google Glass do Brasil, propriedade de Lucas Sperb. Lucas é um dos 8 mil usuários escolhidos para testar o computador vestível.

Minha cara de surpresa quando o Google Glass ligou

 

Minhas impressões:

– ainda muito experimental;

– trava fácil;

– poucos aplicativos (tirar foto, fazer vídeos, acesso a gps, fazer ligações, controle por voz);

– confortável de se utilizar, leve;

– audição via condução óssea;

– bateria dura em média 1 dia;

– vêm com lentes escuras, facilmente ajustáveis;

 

 

– Reparei também que na palestra em nenhum momento o termo “computador vestível” foi utilizado, mas sim “dispositivo” e “artefato tecnológico”.

– Perguntei para o Lucas se ele se sente um ciborgue, olha a resposta: